Frase de amigo

"Repaginou o Blog. Repaginou a vida." - Silvio Afonso

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Varal de roupa & Minha querida mãe

Photos by Nadja P.

Amo observar os varais de roupa!
Daqueles sustentados por longas varas de bambu, exatamente como aparecem nas fotos.
Os movimentos das roupas diante do vento também chamam a minha atenção.
Lembram as delicadas coreografias da bailarina Isadora Duncan.

Imagem by Google



Tenho ótimas lembranças dos varais de roupa!
  Menina ainda, acompanhava a minha mãe, quando ela ia pendurar nossas roupas.


Eu lhe dava as peças de roupas, uma por uma.
E depois os prendedores...
Um por um.






 Nisso tudo, ouvia a minha mãe cantarolar músicas em dialeto africano.
Palavras que não entendia nada mas achava tudo muito bonito.
Nunca perguntei, por exemplo, o que significavam e quem a ensinara.
Saudade!


Bjksss

30 comentários:

  1. Gostei do blog e das fotografias.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.
    http://andarilharar.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Francisco!
      Fique à vontade!

      Lindo finde!

      Abraços

      Excluir
  2. Lindo e emocionante! E adoro varais.Estamos mesmo em sintonia hoje, com meu varal por lá também,rs...Adorei as fotos e tuas palavras vindas do coração! bjs chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Chica!
      Como você também adoro varais.
      Remetem oos meus velhos tempos de criança e à minha saudosa mãe.

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  3. Oi Nadja,relembrar bons momentos é muito bom,principalmente da nossa mãezinha.
    Bjs e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carmen!

      Com certeza!
      Lembranças boas, não é?

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  4. Tem coisas que marcam e dão saudade!!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Olá Nadja;
    Lendo o seu post ,também fiz isso com minha avó,nossa deu uma saudade!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilian!

      Fico feliz que tenha despertado lembranças boas em você!

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  6. Nadja...uma saudade com cheiro...com cor e beleza! Bj amigo e parabéns pela escolha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Graça!
      Obrigada!

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  7. Bons momentos vividos ficarão guardados e que bom recordar e por um instante sentir-se lá e matar a saudade.
    Beijos,boa noite Nadja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Maria!
      Momentos que o tempo não apagou, o que é válido!
      Saudade boa é coisa boa!

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  8. Ao ler este momento querida amiga felizmente ainda tenho mãe com a graça de Deus ,mas lembro-me em menino ia com ela lavar a roupa no tanque comunitário ,onde depois de lavada punha-se em cima de pedras a corar a roupa ao sol ,os estendais também eram grandes onde a roupa branca e a colorida dançavam ao sabor do vento ,saudades desse tempo onde tudo era simplesmente mágico ao olhar de um menino ,muitos beijinhos felicidades .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Emanuel!
      Mãe é um tesouro.
      Que lindo! Viajei com você.
      Bons tempos, não é?
      Guarde-oas com carinho, meu amigo!

      Felicidades e um lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  9. Oi Nadja, que lindo post, repleto de lembranças e sensibilidade...
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juni!

      Obrigada!
      Sou saudosista de carteirinha, amiga! Rsrsrs

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  10. Olá Nadja: por aqui ainda se usa estender roupa nos varais. Acho também muito bonito ver a roupa a esvoaçar ao sabor do vento. E que bonitas memórias esta simples atividade te trouxe.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcia!

      Eu também acho bonito!
      Sim, lembranças simples mas carregadas de sentimentos bons.
      Lembranças boas, não é?

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  11. Belo olhar saudosista e historias que ficaram em nossas lembranças.
    Os quintais embandeirados.
    Por certo sua mãe cantava em Yorubá.
    Abraços amiga.
    Bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Toninho!
      Sim, você disse tudo, amigo!
      Yorubá... Era tão lindo...

      Bjksss

      Excluir
  12. Boa tarde Nadja,
    Adoro também esses varais que na minha infância sustentados também por canas içavam ao vento a roupa que a mãe fazia para mim e e minhas duas irmãs!
    Lá na sua casinha de campo minha mãe ainda usa para a roupa dela e de meu pai.
    Só que antes a roupa era lavada à mão e hoje a máquina liberta dessa árdua tarefa!
    Nossas mães e avós muito trabalharam!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Ailime!

      Sim, e como trabalharam!
      Não havia a facilidade de agora, mas tudo era tão limpo quanto hoje, não é?
      Varais sempre trazem recordações dos velhos tempos!


      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  13. Linda postagem, Nadja. Dá pra sentir suas palavras saindo direto do coração.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bel!

      Sou assim mesma, amiga.
      Quando escrevo, falo com o coração.
      Seja coisa boa ou não.

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  14. Oi amiga, ja fui da época dos varais com prendedores e bambu...O desastre é quando a cordinha arrebentava ,ai o choro misturado a raiva vinha a galope rsrsrs....Mas tudo da saudades, são detalhes que contam a nossa historia..boas lembranças..beijos no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mada!

      Sim, é verdade!
      Tudo vinha ao chão...KKK
      Era a pior parte, com certeza!
      Sim, e esses detalhes é que fazem parte de nossa vida.

      Lindo finde!

      Bjksss

      Excluir
  15. Nadja,

    Acho que muitos ainda usam o bambu para segurar a corda de roupas. kkkk
    Lá na roça dos meus tios, ainda usam.
    Boas lembranças. Beijos

    ResponderExcluir

  16. Oi Lucinha!

    Quer saber?
    Fazia tempo que eu não via esses varais de bambu, viu?
    Na roça é mais comum. Sorte de quem mora no mato, não é? Rsrsrs
    Verdade!

    Bjksss

    ResponderExcluir

"Abra teu coração ou eu arrombo a janela"

"Abra teu coração ou eu arrombo a janela"
Chico Buarque